RENAULT ANUNCIA MUDANÇAS DE COMANDO NA REGIÃO AMÉRICAS






SÃO PAULO, QUARTA-FEIRA, 24 DE MAIO DE 2017 – A RENAULT ANUNCIA HOJE MUDANÇAS NO COMANDO DE DOIS PAÍSES DA REGIÃO AMÉRICA LATINA.

A PARTIR DE 1º DE JULHO DE 2017, LUIZ PEDRUCCI PASSA A SER DIRETOR GERAL DO GRUPO RENAULT NO BRASIL E PRESIDENTE DA RENAULT DO BRASIL, EM SUBSTITUIÇÃO A FABRICE CAMBOLIVE, QUE ASSUMIRÁ NOVAS FUNÇÕES NO GRUPO.

ELE ESTARÁ SUBORDINADO A OLIVIER MURGUET, PRESIDENTE DA REGIÃO AMÉRICAS.
 
Nascido em São Paulo, Luiz Pedrucci tem 44 anos e é formado em Engenharia Mecânica automobilística pela FEI (Faculdade de Engenharia Industrial), com MBA pela Fundação Getúlio Vargas. Ingressou na Renault em 1997, tendo ocupado diferentes funções na área comercial, sendo a última delas como Diretor Cliente, Qualidade e Serviço na área de Pós-Venda. Em 2012, passou a ser Diretor de Supply Chain da Região Américas. Em janeiro de 2016, assumiu o comando da Renault Colômbia (SOFASA) como presidente e diretor geral, levando a subsidiária colombiana a obter recordes históricos de vendas e participação de mercado, fazendo da Renault Colômbia (SOFASA) uma das 40 maiores empresas do país.

A partir de 1º de julho de 2017, Matthieu Tenembaum passa a ser Diretor Geral do Grupo Renault na Colômbia e Presidente da SOFASA, em substituição a Luiz Pedrucci.

Ele estará subordinado a Olivier Murguet, Presidente da Região Américas.

Nascido na França, Matthieu Tenembaum tem 39 anos e é formado em Engenharia pelo Centro de Estudos Superiores Industriais (CESI) da França, com MBA pela Columbia Business School. Ingressou na Renault em 1997, como estagiário. De 2000 a 2007, exerceu diversas funções de gestão na área de montagem de carrocerias, liderando projetos na França, na Nissan América do Norte e na Coreia. Em 2007, tornou-se líder do Projeto de Veículos Elétricos, tendo sido promovido a Vice-Diretor do Programa de Veículos Elétricos em 2008, responsável pelo desenvolvimento da gama de veículos Zero Emissão da Renault. Em 2011, tornou-se líder da estratégia corporativa de Desenvolvimento de Novos Negócios na Renault. Após obter um MBA pela Columbia Business School, tornou-se Diretor Executivo e Diretor de Desenvolvimento de Negócios na recém-criada Região África - Oriente Médio - Índia, onde conduziu negociações estratégicas de novas parcerias para a expansão da Renault nessa pujante região.

“Estou muito satisfeito com estas mudanças, que demonstram nosso compromisso em oferecer oportunidades de crescimento profissional e pessoal aos nossos profissionais mais talentosos”, comentou Olivier Murguet. “Aproveito esta oportunidade para agradecer a Fabrice Cambolive por sua grande contribuição no desenvolvimento da Renault no Brasil”.

Sobre a Região Américas da Renault

A Região Américas compreende as operações da Renault na América Latina, por meio de quatro subsidiárias: Renault do Brasil, Renault Argentina, Renault SOFASA, na Colômbia, e Renault México, a última operação a ser iniciada comercialmente, sem produção local. A marca também está presente em quase todos os demais países da América Latina, por meio da atuação de importadores. A Renault fabrica veículos de passeio no Brasil (na fábrica CVP – Complexo Ayrton Senna – em São José dos Pinhais, Paraná), Argentina (Fábrica Santa Isabel) e Colômbia (SOFASA, em Envigado), veículos comerciais leves no Brasil (fábrica CVU no Complexo Ayrton Senna) e na Argentina (Santa Isabel, Córdoba), bem como componentes mecânicos no Chile (caixas de câmbio na Cormecánica, em Los Andes) e no Brasil (motores na fábrica CMO no Complexo Ayrton Senna).
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barba exige cuidados básicos, mas fundamentais

Stibo Systems auxilia na otimização no lançamento de produtos nas lojas da Netshoes

Nicolas Ferreira entra para história do FMX nacional ao acertar o frontflip