Arquivo Público do Estado de São Paulo participa da I Semana Nacional de Arquivos












Entre os dias 5 e 9 de junho, o Arquivo Público do Estado de São Paulo (APESP) realiza quatro eventos que fazem parte da I Semana Nacional de Arquivos, organizada pelo Arquivo Nacional e Fundação Casa de Rui Barbosa.

Durante a Semana, instituições arquivísticas e centros de memória e documentação de todo país serão abertos para a cultura e divulgação dos trabalhos desenvolvidos, com o objetivo de ampliar a visibilidade dos arquivos e sua inserção na sociedade.

Esta é uma das ações previstas no Plano Setorial de Arquivos (2016-2026), aprovado em 2016 pelo Conselho Nacional de Política Cultural. A data escolhida para a realização é a semana em que é celebrado o Dia Internacional dos Arquivos, 9 de junho.
O APESP participa desta iniciativa com quatro eventos nas áreas de gestão documental, acesso à informação, conservação e guarda de acervos analógicos e digitais.

Em parceria com o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), o APESP realiza no dia 5 de junho (segunda-feira) o “II Seminário de Gestão Documental e Acesso à Informação: 5 anos de implementação da LAI”, que busca orientar os servidores públicos estaduais quanto à gestão documental, acesso à informação, e ainda sobre as ações de fiscalização ordenada realizadas pelo Tribunal de Contas.

Entre as palestras que compõem a programação estão: ‘Gestão Documental e Acesso à Informação: do pedido ao recurso’, proferida por Ieda Pimenta Bernardes, do Departamento de Gestão do Sistema de Arquivos do Estado de São Paulo (DGSAESP) ‘Fiscalização Ordenada e orientações do TCE’; e ‘O Serviço SIC: avanços e desafios’.

No dia 7 de junho, quarta-feira, acontece o “Ciclo de Debates sobre Gestão Documental”, com a temática ‘A política de gestão documental na administração pública estadual". Trata-se do primeiro de uma série de cinco eventos previstos para acontecer durante o ano de 2017.

O Ciclo de Debates é voltado para servidores da administração estadual e tem o objetivo de inscrever a gestão de documentos como área de conhecimento na gestão pública, ampliando o debate com gestores e servidores acerca de instrumentos que melhorem a gestão do acervo, protocolos, documentos e arquivos em geral.

Em 8 de junho, quinta-feira, o APESP e a Fundação Bunge realizam as Jornadas Culturais 2017. O primeiro encontro da Jornada será realizado no Arquivo Público do

Estado e tem curadoria de Norma Cassares, diretora do Núcleo de Conservação do APESP.

Os especialistas Millard Schisler e Patrícia de Filippi falam sobre “Conservação e Guarda de Acervos Analógicos e Digitais”, abordando o desafio da preservação do conhecimento, a escolha de ferramentas adequadas e as perspectivas e oportunidades para a construção de critérios e ações que colaborem com a manutenção da informação, a salvaguarda e disseminação do conhecimento.

Já no dia 9 de junho, o APESP encerra a I Semana Nacional com o seminário “Arquivos, cidadania e interculturalismo", tema proposto pelo Conselho Internacional de Arquivos (Conseil International des Archives-ICA) para o ano de 2017.

Organizado pela Rede de Arquivos, formada pelas instituições arquivísticas mais importantes do estado de São Paulo, o seminário difunde a importância estratégica de organização e preservação dos arquivos para a sociedade.

Os eventos promovidos ao longo dessa semana pelo APESP são realizados com apoio e parceria da Escola de Governo e Administração Pública (Egap), Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), Centro de Memória Bunge, Arquivo Histórico Municipal de São Paulo (AHMS), Instituto de Estudos Brasileiros (IEB), Centro de Documentação e Memória da UNESP (CEDEM), Arquivo da Câmara Municipal de São Paulo, Arquivo da Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP), Arquivo Geral da USP e Sistema de Arquivos da Unicamp (SIARQ).

Informações: www.arquivoestado.sp.gov.br/semana_nacional_arquivos


Arquivo Público do Estado de São Paulo – 125 anos

O Arquivo Público do Estado de São Paulo (APESP), criado em 1892, é um dos maiores arquivos públicos brasileiros. Vinculado à Secretaria de Governo, é responsável pelo desenvolvimento e coordenação da política estadual de arquivos por meio da gestão, preservação e acesso aos documentos públicos.

Seu acervo conta com aproximadamente 25 milhões de documentos textuais, 2,7 milhões de documentos iconográficos e cartográficos, 45 mil volumes de livros e mais de seis mil títulos de jornais e 2.300 títulos de revistas, que estão disponíveis para consulta ao público gratuitamente, na sede do Arquivo Público ou pela Internet. São mais de um milhão de páginas de documentos digitalizados para pesquisa online.

Neste ano a instituição completa 125 anos trabalhando para garantir o acesso às informações de interesse da sociedade e protegendo a documentação que registra a história de São Paulo e do Brasil desde o século XVI.


Arquivo Público do Estado de São Paulo
Núcleo de Comunicação
Fernanda dos Santos
Juliana Takayama, Valeria Ferreira e Vania Silva




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barba exige cuidados básicos, mas fundamentais

Stibo Systems auxilia na otimização no lançamento de produtos nas lojas da Netshoes

Nicolas Ferreira entra para história do FMX nacional ao acertar o frontflip