Em Campo Grande, ministro participa de debate sobre políticas públicas em esporte










08/05/2017
O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, participou nesta segunda-feira (08.05), em Campo Grande-MS, do seminário de criação do Sistema Municipal de Esporte e Lazer da capital sul-mato-grossense. O evento, realizado pela prefeitura em conjunto com a Câmara Municipal, debateu a estruturação de uma política pública no setor e a promoção da participação da sociedade.
O seminário tratou de temas como a influência dos sistemas nacionais de Esporte e de Cultura na concepção do Sistema Municipal de Campo Grande, o financiamento de esporte e lazer e o papel da população nas discussões da área. A nova política municipal será construída nos moldes dos sistemas já existentes ou em fase de debates, como o Sistema Nacional do Esporte (SNE), que tem a missão de organizar os entes públicos, privados e do terceiro setor, de forma articulada e integrada, para promover e fomentar políticas esportivas para toda a população brasileira.
Foto: Francisco Medeiros/ME
Foto: Francisco Medeiros/ME
Também estiveram presentes a vice-governadora do Mato Grosso do Sul, Rose Modesto; o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad; o presidente da Câmara Municipal, João Rocha; o diretor-presidente da Fundação Municipal do Esporte (Funesp), Rodrigo Terra; vereadores; deputados estaduais e federais.
O ministro Leonardo Picciani elogiou a iniciativa de Campo Grande e destacou que o Sistema Municipal vai definir uma política permanente e pode servir de base para outras cidades no Brasil. “Um caminho para o fortalecimento das políticas do esporte é o que Campo Grande está propondo hoje. Com uma proposta perene, com a participação de todos, com mecanismos de financiamento já definidos e priorizados. Isso deve ser reproduzido por todo país”, afirmou. “O Ministério será parceiro de Campo Grande e do Mato Grosso do Sul na promoção das políticas de esporte e na reforma dos parques. Hoje estamos aqui como Partido do Esporte, que supera dificuldades, aceita desafios e traz esperanças para o nosso país”, concluiu.
Para a vice-governadora do estado, Rose Modesto, é fundamental que as pessoas que mais entendem das necessidades da po1pulação participem da elaboração do Sistema Municipal. “Acima de tudo precisamos reflexão de que temos que ter a humildade de contribuir com o novo modelo e incluir quem está na base a participar dos debates, pois são eles que sabem dos verdadeiros desafios do setor", argumentou.
O prefeito de Campo Grande ressaltou a importância de todos os que participam da construção do Sistema Municipal e reforçou que o trabalho desenvolvido na cidade existe pela força de vontade da população. “Hoje, além do debate da criação de um sistema municipal de esporte e lazer, estamos aqui, na presença do ministro do Esporte para pedir ajuda financeira para reconstruir estes parques para o bem da população”, solicitou Trad.
Para o diretor-presidente da Fundação Municipal do Esporte (Funesp), Rodrigo Barbosa Terra, a criação de um sistema municipal de esporte vai possibilitar a criação de políticas não mais apenas de gestão, mas de estado. “Esse é um novo momento da política de esporte de lazer do nosso município. A partir de agora, teremos definidos o financiamento da gestão de políticas públicas e também os compromissos de cada um dentro do Sistema”, explicou Terra. “Vamos desenvolver políticas que irão representar e atender aos anseios da população. As ações deixam de ser pensadas por uma gestão imediatista e passa para um planejamento a longo prazo”, afirmou.

Foto: Francisco Medeiros/ME
Foto: Francisco Medeiros/ME
De acordo com o presidente da Câmara Municipal, João Rocha, o evento desta segunda-feira joga luz sobre o momento de se repensar a importância do esporte em todas as suas formas, na qualidade de vida, saúde, em todas as suas manifestações. “Estamos assumindo a responsabilidade de avaliar esse sistema, que dá o seu primeiro passo iniciando uma construção para o futuro. Hoje se torna um marco histórico para nossa cidade, tenho certeza que vai irradiar para outros municípios do Estado e do país, e também para os governos estaduais”, avaliou.
Parque Ayrton Senna
Após o evento na Câmara Municipal o ministro do Esporte visitou o Parque Ayrton Senna, localizado na região sul da capital do estado. Picciani passou pelas piscinas, pela sala de musculação, pelas quadras poliesportivas e pelo local onde será a pista de atletismo. “Há cerca de 40 dias, o prefeito de Campo Grande apresentou um projeto ao Ministério para a recuperação de parques na cidade. A proposta está em análise na área técnica e em breve estimaremos os recursos para um convênio com a prefeitura de Campo Grande”, explicou o ministro.
Rafel Brais – Ministério do Esporte



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atletas da delegação olímpica brasileira são recebidos no Palácio do Planalto

Evento no Paraná debate inovação no lançamento regional do movimento 100 Open Startups

FPT Industrial chega a marca de 30.000 motores GNV vendidos no mundo