Bulldog Racing concluiu Rally Cuesta Off-Road na terceira posição








11º Rally Cuesta Off-Road aconteceu neste último final de semana, em Botucatu (Doni Castilho/DFOTOS)
11º Rally Cuesta Off-Road aconteceu neste último final de semana, em Botucatu
(Doni Castilho/DFOTOS)

Os competidores percorreram no total 329,32 quilômetros entre sábado e domingo  (Gustavo Epifanio/DFOTOS)
Os competidores percorreram no total 329,32 quilômetros entre sábado e domingo
(Gustavo Epifanio/DFOTOS)


Flávio Lunardi e Fred Budtikevits subiram no pódio pela categoria Pró Brasil  (Gustavo Epifanio/DFOTOS)
Flávio Lunardi e Fred Budtikevits subiram no pódio pela categoria Pró Brasil
(Gustavo Epifanio/DFOTOS)

Foram dois dias encarando um terreno molhado e com muitos desafios. Apesar dos problemas mecânicos que enfrentou, a equipe Bulldog Racing subiu ao pódio da categoria Pró Brasil
O piloto Flávio Lunardi e o navegador Fred Budtikevits superaram seus limites no 11º Rally Cuesta Off-Road, que contabilizou pontos para as 5ª e 6ª etapas dos Campeonatos Brasileiro de Rally Cross Country e Rally Baja. A competição aconteceu em Botucatu, SP, neste último final de semana (06 e 07 de maio), com parque de apoio no Shopping Botucatu.

No total, foram percorridos 329,32 quilômetros - sendo 164,66 quilômetros por dia. E a dupla da Bulldog Racing conquistou o terceiro lugar na classificação final da categoria Pró Brasil e sétimo lugar na Geral. O grid foi composto por 90 veículos entre motos, quadriciclos, UTVs e carros.

Lunardi contou que problemas na direção hidráulica da Mitsubishi Triton RS tornaram a vida da dupla bem mais complicada durante a disputa. "Pilotar um carro sem direção hidráulica exige um esforço extra do piloto. Em alta velocidade, é praticamente impossível entrar nas curvas da mesma forma quando o veículo está em perfeitas condições. Mas ainda sim conseguimos nos concentrar e concluir a disputa", contou o piloto que, apesar deste acaso, elogiou bastante a performance da picape, a qual a dupla está em fase de adaptação. "Foi nosso segundo rali com a Triton e estamos satisfeitos e entusiasmados com a performance dela. Nosso foco está no Rally dos Sertões, o segundo maior rali de mundo", completou.

Como não choveu mais em Botucatu, o percurso deste domingo melhorou em relação ao primeiro dia de prova. Estava mais seco, porém, não menos técnico. Independente das situações paralelas e particulares que cada competidor enfrentou ao longo do certame, para quem sonhava com o pódio foi preciso sobrepor em alta velocidade as erosões, pedras, travessias de riachos, subidas e descidas, lombadas e curvas pelas estradas em meio a eucaliptais e estradas vicinais da Serra da Cuesta.

"Tirando os nossos contratempos, o Rally Cuesta Off-Road foi sensacional. É sempre um evento desafiador que temos no rali cross-country, e colabora demais para o nosso crescimento no esporte. Tivemos a chance de aprimorar nossa técnica, vivemos novas experiência e saímos uma dupla melhor desta competição. Agora, é continuar a nossa preparação para o tão esperado rali do ano, o Rally dos Sertões", concluiu Budtikevits. O Rally dos Sertões será de 19 a 26 de agosto, e a Bulldog Racing já garantiu um lugar neste grid.

A equipe Bulldog Racing tem patrocínio de Luna Incorporadora. E apoio de Henz Engenharia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barba exige cuidados básicos, mas fundamentais

Atletas da delegação olímpica brasileira são recebidos no Palácio do Planalto

FPT Industrial chega a marca de 30.000 motores GNV vendidos no mundo