Seguro: por que os preços mudam para homens e mulheres?








A discussão sobre quem dirige melhor - o homem ou a mulher - é, talvez, uma das discussões mais antigas no que diz respeito ao prazer de dirigir um carro, por esse motivo, muitas pessoas acreditam que a diferença no valor do seguro tem a variação devido ao gênero.
É verdade, existe sim diferença. Porém isso acontece baseado em dados estatístico e não com quem dirige melhor.
 A diferença nos valores dos seguros entre homens e mulheres vem diminuído.
É importante mencionar que não é somente o gênero que influencia no valor do seguro, outras informações também são levadas em consideração quando falamos de seguro.
A realidade é essa mesmo, as mulheres pagam, geralmente, mais barato. Através de dados estatísticos foi comprovado que as mulheres são mais cuidadosas do que homens quando estão na direção de um carro e, por isso, o valor do seguro é um pouco mais reduzido em comparação com os homens.
Outro motivo que pode explicar porque o valor do seguro para as mulheres é menor, é devido aos dados sobre colisão. Além disso, a quantidade de homens que tem sua carteira de motorista suspensa é mais de 60% maior do que em relação as mulheres. Geralmente as mulheres cometem infrações menos graves, como por exemplo falar no celular e estacionamento em lugar proibido.
Também foi mostrado que como as mulheres são mais cuidadosas com o carro, seguindo de forma correta as orientações de revisões de fábrica.
Porém essa realidade está mudando, a cada novo levantamento sobre os valores do seguro para homens e mulheres, já está aparecendo uma tendência a não haver mais diferenças no que diz respeito ao gênero.
A realidade é que existem situações pontuais onde possa ocorrer essas diferenças, principalmente no que diz respeito ao modelo do carro e a região onde será contratado esse seguro.
Quando falamos de seguro, a faixa etária é mais importante para essa diferenciação de valores do que necessariamente o sexo em si. Nesse caso, pode acontecer casos em que homens pagarão muito mais no valor do seguro do automóvel. Entretanto conforme a faixa etária vai mudando, os valores tendem a ficar muito mais emparelhados.
Nesse ponto a faixa de idade dos 20 anos é onde aparece a grande diferença de preço cobrado pelas seguradoras, sendo que em alguns casos o valor pode apresentar uma variação de R$ 1.000.
Porém como já foi mencionado, a mudança da faixa etária pode representar um maior impacto no valor do seguro para as mulheres, sendo que para alguns veículos, mulheres na faixa dos quarenta anos pagam um valor maior do que homens na mesma faixa. Para ilustrar tal diferença, podemos citar o Volkswagen Gol, para esse veículo uma mulher poderá pagar até 13% a mais no seguro do que um homem com a mesma idade.
As seguradoras ainda mantêm a ideia de que o as mulheres apresentam menor risco em comparação com o público masculino e ao calcular os riscos elas levam em conta a experiência do condutor, onde trabalham, onde está localizada a casa da pessoa, se o carro pernoita em garagem fechada ou na rua, tudo isso irá influenciar no preço do seguro.
Um dos motivos para um nivelamento dos valores entre os homens e as mulheres acontece devido ao posicionamento feminino na sociedade, onde cada vez mais os sexos tendem a se equipararem em diversas questões. Mais mulheres estudam à noite, é mais comum elas saírem para baladas, estão comprando mais carros e dessa forma começam a correr riscos que anteriormente eram mais associados aos homens.
Portanto ao invés de pensar na diferença entre os sexos, é importante pensar primeiramente na faixa de idade. Pessoas na faixa dos 60 anos tendem a pagar menos do que na faixa dos 40, que pagam menos do que na faixa dos 20 anos. Isso mostra que as seguradoras confiam muito mais em um perfil de pessoas com mais experiência.
Com a chegada de um senso cada vez mais forte no que diz respeito a igualdade de gêneros, associado ao comportamento cada vez mais parecido entre mulheres e homens, as seguradoras estão em uma tendência ao nivelamento, acabando com a fama de seguro de carro mais barato para as mulheres.
Entretanto, esse processo ainda está no início e as seguradoras ainda depositam uma maior confiança nas mulheres, principalmente graças ao seu maior senso de responsabilidade, se envolverem menos em acidentes e seus carros sofrem menos danos.
Por esses motivos, apesar da tendência em se igualar os valores, muitas seguradoras ao oferecer um seguro para mulheres apresentam benefícios específicos, que podem ser assistência 24 horas, troca de pneus, reboque e táxi – se acontecer alguma pane ou acidente no seu carro – e ainda acompanhamento à delegacia e o motorista amigo.
Hoje em dia a distinção de homens e mulheres já não faz mais tanto sentido quando o assunto é seguro automotivo. Apesar das mulheres conseguirem alguns benefícios específicos, o valor em si está cada vez mais nivelado.
Dessa forma os fatores que influenciarão os valores dos seguros do carro são: a idade do condutor, lugares pelo qual o carro circula, o preço das peças que o carro precisará, se o modelo do carro costuma ser alvo de roubo e o local de residência e de trabalho, além da informação sobre como o carro fica estacionado (garagem ou rua – tanto no trabalho quanto na residência).
Outras informações são mais importantes para os valores do seguro. E eles são baseados em dados estatísticos
Seguir as regras de trânsito pode colaborar muito mais na hora de economizar no seu seguro de trânsito do que ser homem ou mulher. Lembre-se que se a seguradora tiver uma experiência positiva com você, ela ficará muito mais propensa a te dar um bônus na apólice do seu seguro.
Portanto, seja você homem ou mulher, o que importa é que você esteja sempre protegido. A melhor maneira para conseguir isso é comparar o preço entre diferentes seguradoras e encontrar a que se encaixará com o seu perfil.

Flávia Rosa  
Assessoria de Imprensa

Image title


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atletas da delegação olímpica brasileira são recebidos no Palácio do Planalto

Evento no Paraná debate inovação no lançamento regional do movimento 100 Open Startups

FPT Industrial chega a marca de 30.000 motores GNV vendidos no mundo