Maiara Basso é campeã brasileira de velocross





Tapejara (RS) – Maiara Basso conquistou neste domingo (6) o título inédito da classe VXF no Campeonato Brasileiro de Velocross. Com 100% de rendimento nas corridas, a gaúcha do Team Rinaldi confirmou a terceira vitória consecutiva na competição com o apoio da torcida de Tapejara (RS).

“Deu tudo certo, fiz uma ótima prova. Larguei na frente, imprimi um ritmo bom e foi uma vitória tranquila”, contou a competidora. Ela também possui em seu currículo dois títulos nacionais de motocross e um de Arena Velocross pela classe feminina. Como foi o ano de estreia da VXF no Brasileiro de Velocross, entrou para a história como a primeira campeã nacional da categoria.

“Estou muito feliz com esse título, que com certeza tem um gosto especial. Quero agradecer a todos que torcem por mim e a Rinaldi, por proporcionar pneus excelentes e de ótima qualidade”, continuou a piloto. Ela utilizou os pneus RMX35 e HE40, da linha off-road da fábrica gaúcha. 

Para os homens, as corridas em Tapeja valeram pela quinta etapa do campeonato, a penúltima do calendário, e contaram com a presença dos irmãos de Maiara. Mateus Basso venceu a bateria da VX2 e Lucas foi o quinto colocado. Na VX1, Lucas ficou em segundo e Mateus, em quinto lugar, mesmo após cair duas vezes durante a corrida. As disputas também somaram pontos para o Gaúcho da modalidade. 

Brasileiro de Motocross em MG – Patrocinado pela Rinaldi, o Campeonato Brasileiro de Motocross reuniu grande público no Parque Municipal de Eventos de Extrema (MG). O evento teve entrada franca e valeu neste domingo (6) como a terceira etapa da temporada 2017. 

Frederico Spagnol foi o quinto colocado na soma das duas baterias da MX2, seguido por João Pedro Pinho Ribeiro. Na MX2Jr, Renan Goto “Japinha” confirmou a quinta colocação. Os pilotos representam a equipe Ipiranga Honda Rinaldi IMS na competição, cuja próxima etapa está marcada para o dia 3 de setembro em Uberlândia (MG). 

Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes. 

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado. 

A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2015 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial

Mundo Press Jornalismo Estratégico

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barba exige cuidados básicos, mas fundamentais

Atletas da delegação olímpica brasileira são recebidos no Palácio do Planalto

FPT Industrial chega a marca de 30.000 motores GNV vendidos no mundo