Fundação Lemann e Universidade Columbia anunciam iniciativa inédita de empreendedorismo em educação, em parceria com a Artemisia






02_desafio started_facebook_link
O objetivo é identificar, selecionar e apoiar empreendedores mão na massa que queiram endereçar desafios relacionados à implementação da Base Nacional Comum Curricular.  As inscrições para o Desafio Start-Ed estarão abertas até dia 10 de setembro pelo link:  http://www.fundacaolemann.org.br/start-ed.
 São Paulo, 22 de agosto de 2017 – Em uma aliança inédita, a Fundação Lemann e Universidade Columbiaem parceria com a Artemisia, anunciam o Desafio Start-Ed: Tecnologias para Transformar a Aprendizagem. As organizações compartilham a visão de que todos os estudantes do país têm direito a uma educação pública de qualidade e que soluções tecnológicas inovadoras, escaláveis e sustentáveis podem contribuir para este objetivo.
Por isso, o Desafio Start-Ed irá identificar, selecionar e apoiar empreendedores em educação, assim como o Start-Ed Lab – iniciativa da Fundação Lemann, com edições anuais entre 2013 e 2016. O diferencial do Desafio Start-Ed é que os 12 empreendedores selecionados serão preparados para desenvolver produtos e serviços capazes de solucionar desafios específicos associados a três temas relevantes para a implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC): defasagem escolar, inclusão de alunos com deficiências e participação ativa de pais e responsáveis no processo de aprendizagem de alunos.
“A BNCC ajudará a garantir que todos os alunos brasileiros tenham os mesmos direitos à aprendizagem, mas sabemos que educadores, gestores escolares, pais e responsáveis enfrentarão alguns desafios para trazê-la para dentro da escola”, explica Denis Mizne, diretor-executivo da Fundação Lemann. “O Desafio Start-Ed é fruto de mais uma parceria que firmamos com o objetivo de ajudá-los no processo de implementação”, completa.
“A união de expertises e experiências das organizações certamente fará deste programa algo histórico para a educação no nosso país”, afirma Maure Pessanha, diretora-executiva da Artemisia.
Ao lado de estudantes de diferentes cursos da Universidade Columbia, os empreendedores brasileiros participarão de um processo intensivo de ideação e desenvolvimento – que inclui uma semana de atividades em Columbia, em Nova York (EUA) – e acompanhamento durante os oito meses de Desafio. As melhores soluções receberão um prêmio em dinheiro ao término do programa.
Programa Start-Ed
Desafio Start-Ed terá duração de oito meses, com cinco encontros presenciais, além de acompanhamento virtual dos empreendedores entre os encontros. Nesse período, os participantes terão acesso a ferramentas, conteúdos e mentores para que, em um curto período de tempo, possam desenvolver, aprimorar as soluções e avançar rapidamente em suas trajetórias empreendedoras.
Segundo a equipe da Artemisia, a busca recai para pessoas com genuíno interesse em empreender negócios no setor de educação. Na análise da equipe de Busca & Seleção da organização, serão avaliadas a capacidade de colaboração, a experiência profissional (empreendedora, no setor de educação, ou no mercado de trabalho); conhecimento técnico e talentos relevantes; competências empreendedoras (autonomia, iniciativa, visão de futuro, abertura para feedback, maturidade, trabalho em equipe e liderança); capacidade de realização; conexão com o tema de educação (vontade de criar um negócio nessa temática); comprometimento com impacto: criar algo que possa resolver o problema de milhões de pessoas e inglês (mínimo intermediário). 
FUNDAÇÃO LEMANN
A Fundação Lemann, organização familiar sem fins lucrativos fundada em 2002 por Jorge Paulo Lemann, trabalha para que todas as crianças brasileiras tenham uma educação pública de qualidade e para criar uma rede de pessoas talentosas que se dediquem a resolver os principais problemas sociais brasileiros. Para atingir este objetivo, a Fundação Lemann desenvolve programas que impactam milhões de alunos em escolas públicas de todo o Brasil e apoia instituições de excelência que trabalhem por um país mais justo e avançado.
Em 2017, a Fundação Lemann já anunciou duas parcerias focadas no uso de tecnologias educacionais para apoiar o processo de implementação da Base Nacional Comum Curricular. A primeira, com Google.org e a Associação Nova Escola, resultará em uma plataforma aberta de recursos pedagógicos criados por uma equipe de professores selecionados pelas instituições. A segunda, com a Omidyar Network, apoiará empreendedores que tenham soluções para ajudar a implementação da BNCC,  por meio de impacto direto na sala de aula, gestão escolar, elaboração de currículos, apoio à rotina de secretarias de educação, envolvimento dos pais e responsáveis, entre outros.
www.fundacaolemann.org.br

UNIVERSIDADE COLUMBIA
A Universidade Columbia é um dos centros de pesquisa e de formação profissional mais relevantes do mundo. A Universidade se beneficia de sua localização na cidade de Nova York e conecta sua pesquisa e aprendizagem aos inúmeros recursos desta grande metrópole. Com o objetivo de oferecer uma educação global e de criar relacionamentos com muitos países, Columbia busca atrair e colaborar com professores e estudantes de todas as partes do mundo. O Columbia Entrepreneurship, focado em inovação, e a School of International and Public Affairs (SIPA) são as duas instituições da Universidade que participarão de diferentes etapas deste programa.
ARTEMISIA
A Artemisia é uma organização sem fins lucrativos, pioneira na disseminação e no fomento de negócios de impacto social no Brasil. A missão da organização é inspirar, capacitar e potencializar talentos e empreendedores para criar uma nova geração de negócios que rompam com os padrões precedentes e (re)signifiquem o verdadeiro papel que os negócios podem ter na construção de um país com iguais oportunidades para todos. Fundada em 2004 pela Potencia Ventures, a Artemisia é signatária do Pacto Global das Nações Unidas; possui escritório em São Paulo.
A Artemisia foi a primeira organização do Brasil a fazer parte da Omidyar Foundation, a mais respeitada organização no setor de investimento de impacto, fundada por Pierre Omidyar, empreendedor do Ebay. Recentemente, a ARTEMISIA também foi anunciada como uma das cinco organizações selecionadas, entre 115 de toda a América Latina, pelo edital da Rockefeller Foundation, Avina, Avina Americas e Omidyar.www.artemisia.org.br


FUNDAÇÃO LEMANN
ARTEMISIA
Printec Comunicação - www.printeccomunicacao.com.br
Visite a página da Printec Comunicação no Facebook
Betânia Lins - Vanessa Giacometti de Godoy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atletas da delegação olímpica brasileira são recebidos no Palácio do Planalto

FPT Industrial chega a marca de 30.000 motores GNV vendidos no mundo

Evento no Paraná debate inovação no lançamento regional do movimento 100 Open Startups