Fundação Lemann e Universidade Columbia anunciam iniciativa inédita de empreendedorismo em educação, em parceria com a Artemisia






02_desafio started_facebook_link
O objetivo é identificar, selecionar e apoiar empreendedores mão na massa que queiram endereçar desafios relacionados à implementação da Base Nacional Comum Curricular.  As inscrições para o Desafio Start-Ed estarão abertas até dia 10 de setembro pelo link:  http://www.fundacaolemann.org.br/start-ed.
 São Paulo, 22 de agosto de 2017 – Em uma aliança inédita, a Fundação Lemann e Universidade Columbiaem parceria com a Artemisia, anunciam o Desafio Start-Ed: Tecnologias para Transformar a Aprendizagem. As organizações compartilham a visão de que todos os estudantes do país têm direito a uma educação pública de qualidade e que soluções tecnológicas inovadoras, escaláveis e sustentáveis podem contribuir para este objetivo.
Por isso, o Desafio Start-Ed irá identificar, selecionar e apoiar empreendedores em educação, assim como o Start-Ed Lab – iniciativa da Fundação Lemann, com edições anuais entre 2013 e 2016. O diferencial do Desafio Start-Ed é que os 12 empreendedores selecionados serão preparados para desenvolver produtos e serviços capazes de solucionar desafios específicos associados a três temas relevantes para a implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC): defasagem escolar, inclusão de alunos com deficiências e participação ativa de pais e responsáveis no processo de aprendizagem de alunos.
“A BNCC ajudará a garantir que todos os alunos brasileiros tenham os mesmos direitos à aprendizagem, mas sabemos que educadores, gestores escolares, pais e responsáveis enfrentarão alguns desafios para trazê-la para dentro da escola”, explica Denis Mizne, diretor-executivo da Fundação Lemann. “O Desafio Start-Ed é fruto de mais uma parceria que firmamos com o objetivo de ajudá-los no processo de implementação”, completa.
“A união de expertises e experiências das organizações certamente fará deste programa algo histórico para a educação no nosso país”, afirma Maure Pessanha, diretora-executiva da Artemisia.
Ao lado de estudantes de diferentes cursos da Universidade Columbia, os empreendedores brasileiros participarão de um processo intensivo de ideação e desenvolvimento – que inclui uma semana de atividades em Columbia, em Nova York (EUA) – e acompanhamento durante os oito meses de Desafio. As melhores soluções receberão um prêmio em dinheiro ao término do programa.
Programa Start-Ed
Desafio Start-Ed terá duração de oito meses, com cinco encontros presenciais, além de acompanhamento virtual dos empreendedores entre os encontros. Nesse período, os participantes terão acesso a ferramentas, conteúdos e mentores para que, em um curto período de tempo, possam desenvolver, aprimorar as soluções e avançar rapidamente em suas trajetórias empreendedoras.
Segundo a equipe da Artemisia, a busca recai para pessoas com genuíno interesse em empreender negócios no setor de educação. Na análise da equipe de Busca & Seleção da organização, serão avaliadas a capacidade de colaboração, a experiência profissional (empreendedora, no setor de educação, ou no mercado de trabalho); conhecimento técnico e talentos relevantes; competências empreendedoras (autonomia, iniciativa, visão de futuro, abertura para feedback, maturidade, trabalho em equipe e liderança); capacidade de realização; conexão com o tema de educação (vontade de criar um negócio nessa temática); comprometimento com impacto: criar algo que possa resolver o problema de milhões de pessoas e inglês (mínimo intermediário). 
FUNDAÇÃO LEMANN
A Fundação Lemann, organização familiar sem fins lucrativos fundada em 2002 por Jorge Paulo Lemann, trabalha para que todas as crianças brasileiras tenham uma educação pública de qualidade e para criar uma rede de pessoas talentosas que se dediquem a resolver os principais problemas sociais brasileiros. Para atingir este objetivo, a Fundação Lemann desenvolve programas que impactam milhões de alunos em escolas públicas de todo o Brasil e apoia instituições de excelência que trabalhem por um país mais justo e avançado.
Em 2017, a Fundação Lemann já anunciou duas parcerias focadas no uso de tecnologias educacionais para apoiar o processo de implementação da Base Nacional Comum Curricular. A primeira, com Google.org e a Associação Nova Escola, resultará em uma plataforma aberta de recursos pedagógicos criados por uma equipe de professores selecionados pelas instituições. A segunda, com a Omidyar Network, apoiará empreendedores que tenham soluções para ajudar a implementação da BNCC,  por meio de impacto direto na sala de aula, gestão escolar, elaboração de currículos, apoio à rotina de secretarias de educação, envolvimento dos pais e responsáveis, entre outros.
www.fundacaolemann.org.br

UNIVERSIDADE COLUMBIA
A Universidade Columbia é um dos centros de pesquisa e de formação profissional mais relevantes do mundo. A Universidade se beneficia de sua localização na cidade de Nova York e conecta sua pesquisa e aprendizagem aos inúmeros recursos desta grande metrópole. Com o objetivo de oferecer uma educação global e de criar relacionamentos com muitos países, Columbia busca atrair e colaborar com professores e estudantes de todas as partes do mundo. O Columbia Entrepreneurship, focado em inovação, e a School of International and Public Affairs (SIPA) são as duas instituições da Universidade que participarão de diferentes etapas deste programa.
ARTEMISIA
A Artemisia é uma organização sem fins lucrativos, pioneira na disseminação e no fomento de negócios de impacto social no Brasil. A missão da organização é inspirar, capacitar e potencializar talentos e empreendedores para criar uma nova geração de negócios que rompam com os padrões precedentes e (re)signifiquem o verdadeiro papel que os negócios podem ter na construção de um país com iguais oportunidades para todos. Fundada em 2004 pela Potencia Ventures, a Artemisia é signatária do Pacto Global das Nações Unidas; possui escritório em São Paulo.
A Artemisia foi a primeira organização do Brasil a fazer parte da Omidyar Foundation, a mais respeitada organização no setor de investimento de impacto, fundada por Pierre Omidyar, empreendedor do Ebay. Recentemente, a ARTEMISIA também foi anunciada como uma das cinco organizações selecionadas, entre 115 de toda a América Latina, pelo edital da Rockefeller Foundation, Avina, Avina Americas e Omidyar.www.artemisia.org.br


FUNDAÇÃO LEMANN
ARTEMISIA
Printec Comunicação - www.printeccomunicacao.com.br
Visite a página da Printec Comunicação no Facebook
Betânia Lins - Vanessa Giacometti de Godoy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barba exige cuidados básicos, mas fundamentais

Stibo Systems auxilia na otimização no lançamento de produtos nas lojas da Netshoes

Festival Churrasco Curitiba será realizado em agosto