Transporte intermunicipal conta com Sistema de Bilhetagem Eletrônico da Digicon

INSCREVA-SE NO MEU CANAL NO YOUTUBE
CAMINHAR E PENSAR É SÓ COMEÇAR






Tecnologia consolidada no transporte público urbano, o Sistema de Bilhetagem Eletrônica (SBE4) com o validador DG Smart, desenvolvido pela Digicon, após a homologação pela Metroplan (órgão que regulamenta o transporte metropolitano no estado), agora começa a ser utilizado também no transporte intermunicipal de passageiros no Rio Grande do Sul. A empresa Expresso Vitória já começou a implantação do validador eletrônico em uma frota de 55 ônibus que atendem 35 linhas intermunicipais. São linhas que fazem a ligação entre Porto Alegre e cidades da região Metropolitana, do Vale do Taquari e do Vale do Caí.

De acordo com o gerente comercial da divisão de Mobilidade Urbana da Digicon, Elton Barcelos, o diferencial do sistema é a adoção do GPS para identificação da localidade de embarque e desembarque. Isso proporciona maior praticidade e comodidade para o passageiro na cobrança da tarifa por trecho viajado e também é vantajoso para a empresa, que terá o cálculo automático da tarifa em função do trecho utilizado. Se houver tentativa de usar outro trecho com valor de tarifa maior, o validador não libera a catraca e o sistema aguarda que seja feito o acerto de contas com o cobrador ou motorista.Outra característica importante é a câmera para controle das gratuidades e outros benefícios. Este dispositivo permite verificar se o passageiro que embarcou é realmente aquele que tem direito ao desconto ou gratuidade, evitando as fraudes de utilização destes cartões por terceiros, reduzindo a evasão e beneficiando a todos os usuários do transporte.

Com o DG Smart também é possível que, na ocasião do embarque, seja realizada a venda de trechos com seguro adicional. A tecnologia ainda permite que usuários sem cartão possam usar o sistema, através da venda de cartões unitários embarcados que, ao final da utilização, são recolhidos automaticamente. Outra vantagem dessa solução é possibilitar um controle fiel sobre a utilização do sistema, pois todas as informações de transação têm os dados das coordenadas, ou seja, é possível identificar o real local de embarque e desembarque dos passageiros.

“É uma tecnologia que tem facilitado a vida das empresas e, por consequência, de seus passageiros. Isso se deve pela grande capacidade de processamento e memória, além de um display touch screen gráfico e colorido, com comunicação de dados WiFi de alta velocidade”, diz o gerente. 

Moglia Comunicação

Eduardo Wolff - ​Leo Urnauer

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barba exige cuidados básicos, mas fundamentais

Stibo Systems auxilia na otimização no lançamento de produtos nas lojas da Netshoes

Festival Churrasco Curitiba será realizado em agosto