Sertões 2017: Gunter Hinkelmann e Vinícius Castro terminam Maratona na 2a posição na Protótipos

INSCREVA-SE NO MEU CANAL NO YOUTUBE
CAMINHAR E PENSAR É SÓ COMEÇAR






Depois da quebra da embreagem, Mitsubishi L200 da dupla da MSL do Brasil foi reparada a tempo da largada e, segundo piloto, a sorte fez com que tudo acabasse bem e com um excelente resultado, na terceira etapa.
Aruanã (GO) – Para quem acreditava que o piloto Gunter Hinkelmann e o navegador Vinícius Castro não fossem largar na metade final da prova Maratona desta terça-feira (22), não contava com suas astúcias mecânicas. Depois de chegar em Santa Terezinha do Goiás (GO) com problemas na embreagem, os dois aproveitaram o tempo de liberação do parque de apoio, consertaram sua Mitsubishi L200 Triton e partiram para a largada da especial do dia. A estratégia deu certo. O carro #348 da MSL do Brasil terminou o percurso cronometrado em 3h15min34seg80, a segunda posição dentro da categoria Protótipos-T1.
“Nós partimos hoje, imaginando que seria o pior dia possível, mas nossos concorrentes foram bem bacanas e nos ajudaram a fazer o carro pegar. E isto foi uma atitude bem bacana. Largamos na sorte, mas o carro foi muito bem na especial inteira. Nosso único contratempo foi durante o abastecimento, já que não tínhamos recurso pra religar o carro após o procedimento. Naquele instante o Michel Terpins se ofereceu pra nos puxar e o motor de arranque voltou a funcionar. E aí terminamos bem. Nós revertemos nossa ideia de não competir hoje e, no fim, deu tudo certo”, comemora o piloto americano da MSL do Brasil.
Nesta quarta-feira (23), a quarta etapa do Rally dos Sertões entra no Mato Grosso, com um percurso total de 471,73 quilômetros que levará à cidade de Barra do Garças. Deste total, pouco mais de 273 quilômetros serão em trecho cronometrado. A prova especial do dia começa com trajetos muito rápidos, em um piso misto de piçarra, cascalho e areia. A seguir, o caminho será em zona de savanas, aonde a navegação será feita por GPS. Nesta rota, de aproximadamente 60 quilômetros, o primordial é passar por todos way points, e aí seguir rumo ao último trecho da especial, com estradas largas e muitas lombas.
Em 2017, a MSL do Brasil conta com a assistência técnica da X-Rally Team e com patrocínio da ICargo, IFS, Seeder, Pier17, Correias Schneider e Bandeirantes Terminais Alfandegados.

Resultados extra-oficiais
3ª etapa (Maratona) – Protótipos-T1
1° – #305 Luis Carlos Nacif/ Filipe de Oliveira, 3h12min53seg57
2° – #348 Gunter Hinkelmann/ Vinicius Castro, 3h15min34seg80
3° – #326 Pedro Prado Filho/Joaquim Filho, 3h21min00seg59
4° – #322 Michel Terpins/ Maykel Justo, 3h21min10seg96
5° – #325 Rafael Cassol/ Lélio Júnior, 3h21min32seg97
6º – #307 Paulo Pichini / Paulo Simões, 3h35min04s50
7° – #314 Mauro Guedes /Neurivan Calado, 3h35min31s41
8° – #327 Jorge Junior /Joel Kravtchenko, 3h39min17s88
9° – #338 Fabio Ruediger/Eduardo Bampi, 4h10min04s32
10° – #310 Luiz Facco/ Humberto Ribeiro, nc

Classificação acumulada da categoria Protótipos-T1
1° – #322 Michel Terpins/ Maykel Neder Justo, 11h45min23s23
2º – #307 Paulo Pichini / Paulo Simões, 13h33min29s27
3º – #314 Mauro Guedes / Neurivan Calado, 13h57min40s55
4° – #305 Luis Carlos Nacif/ Filipe de Oliveira, 14h59min32s23
5° – #348 Gunter Hinkelmann/ Vinicius Castro, 15h07min20s15
6° – #327 Jorge Junior /Joel Kravtchenko, 15h24min18s04
7° – #338 Fabio Ruediger/Eduardo Bampi, 20h45min36s53
8° – #326 Pedro Prado Filho/ Joaquim Filho, 21h51min00s59
9° – #325 Rafael Cassol / Lélio Vieira Carneiro Júnior, 21h51min32s97
10° –#310 Luiz Facco/ Humberto – Piaui, 22h05min09s43

Confira a programação do Rally dos Sertões – 25 anos

23/08/2017 – 4ª Etapa
Aruanã (GO) – Barra do Garças (MT)
Deslocamento Inicial – 102,4 km
Trecho Cronometrado – 273,20 km
Deslocamento Final – 95,68 km
Total do diamin 471,34 km

24/08/2017 – 5ª Etapa
Barra do Garças (MT) – Coxim (MS)
Deslocamento Inicial – 13,85 km
Trecho Cronometrado – 438,86 km
Deslocamento Final – 213,30 km
Total do diamin 666,01 km

25/08/2017 – 6ª Etapa
Coxim (MS) – Aquidauana (MS)
Deslocamento Inicial – 59,82 km
Trecho Cronometrado – 194,91 km
Deslocamento Final – 174,72 km
Total do diamin 429,45 km
26/08/2017 – 7ª e última etapa
Aquidauana (MS) – Bonito (MS)
Deslocamento Inicial – 128,62 km
Trecho Cronometrado – 240,45 km
Deslocamento Final – 51,71 km
Total do diamin 420,78 km

Percurso total do Rally dos Sertões – 3.300,06 km
Especiais (trechos cronometrados) – 1.999,52 km (60,59 %)

Cerimônia de Premiação

Consultoria e Assessoria de Comunicação:
SIG Comunicação |sig@sigcomunicacao.com.br
Silvana Grezzana Santos | Josi Castro
+ 55 (11) 999.726.966
Gunter e Vinícius comendam o Mitsubishi Triton pela categoria Protótipos (Gustavo Epifanio/Fotop)
Gunter e Vinícius comendam o Mitsubishi Triton pela categoria Protótipos (Gustavo Epifanio/Fotop) 
Alta  | Web

Neste quarta-feira a competição chegará ao Mato Grosso (Marcelo Maragni/Fotop)
Neste quarta-feira a competição chegará ao Mato Grosso (Marcelo Maragni/Fotop) 
Alta  | Web

Navegador Vinícius Castro (Victor Eleuterio/Fotop)
Navegador Vinícius Castro (Victor Eleuterio/Fotop) 
Alta  | Web

Gunter Hinkelmann e Vinícius Castro (Vinícius Branca/Fotop)
Gunter Hinkelmann e Vinícius Castro (Vinícius Branca/Fotop) 
Alta  | Web

Piloto Gunter Hinkelmann (Victor Eleuterio/Fotop)
Piloto Gunter Hinkelmann (Victor Eleuterio/Fotop) 
Alta  | Web

Capacete o piloto Gunter Hinkelmann, uma verdadeira obra de arte! (Victor Eleuterio/Fotop)
Capacete o piloto Gunter Hinkelmann, uma verdadeira obra de arte! (Victor Eleuterio/Fotop) 
Alta  | Web

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atletas da delegação olímpica brasileira são recebidos no Palácio do Planalto

FPT Industrial chega a marca de 30.000 motores GNV vendidos no mundo

Evento no Paraná debate inovação no lançamento regional do movimento 100 Open Startups