Sertões 2017: Gunter Hinkelmann e Vinícius Castro terminam Maratona na 2a posição na Protótipos

INSCREVA-SE NO MEU CANAL NO YOUTUBE
CAMINHAR E PENSAR É SÓ COMEÇAR






Depois da quebra da embreagem, Mitsubishi L200 da dupla da MSL do Brasil foi reparada a tempo da largada e, segundo piloto, a sorte fez com que tudo acabasse bem e com um excelente resultado, na terceira etapa.
Aruanã (GO) – Para quem acreditava que o piloto Gunter Hinkelmann e o navegador Vinícius Castro não fossem largar na metade final da prova Maratona desta terça-feira (22), não contava com suas astúcias mecânicas. Depois de chegar em Santa Terezinha do Goiás (GO) com problemas na embreagem, os dois aproveitaram o tempo de liberação do parque de apoio, consertaram sua Mitsubishi L200 Triton e partiram para a largada da especial do dia. A estratégia deu certo. O carro #348 da MSL do Brasil terminou o percurso cronometrado em 3h15min34seg80, a segunda posição dentro da categoria Protótipos-T1.
“Nós partimos hoje, imaginando que seria o pior dia possível, mas nossos concorrentes foram bem bacanas e nos ajudaram a fazer o carro pegar. E isto foi uma atitude bem bacana. Largamos na sorte, mas o carro foi muito bem na especial inteira. Nosso único contratempo foi durante o abastecimento, já que não tínhamos recurso pra religar o carro após o procedimento. Naquele instante o Michel Terpins se ofereceu pra nos puxar e o motor de arranque voltou a funcionar. E aí terminamos bem. Nós revertemos nossa ideia de não competir hoje e, no fim, deu tudo certo”, comemora o piloto americano da MSL do Brasil.
Nesta quarta-feira (23), a quarta etapa do Rally dos Sertões entra no Mato Grosso, com um percurso total de 471,73 quilômetros que levará à cidade de Barra do Garças. Deste total, pouco mais de 273 quilômetros serão em trecho cronometrado. A prova especial do dia começa com trajetos muito rápidos, em um piso misto de piçarra, cascalho e areia. A seguir, o caminho será em zona de savanas, aonde a navegação será feita por GPS. Nesta rota, de aproximadamente 60 quilômetros, o primordial é passar por todos way points, e aí seguir rumo ao último trecho da especial, com estradas largas e muitas lombas.
Em 2017, a MSL do Brasil conta com a assistência técnica da X-Rally Team e com patrocínio da ICargo, IFS, Seeder, Pier17, Correias Schneider e Bandeirantes Terminais Alfandegados.

Resultados extra-oficiais
3ª etapa (Maratona) – Protótipos-T1
1° – #305 Luis Carlos Nacif/ Filipe de Oliveira, 3h12min53seg57
2° – #348 Gunter Hinkelmann/ Vinicius Castro, 3h15min34seg80
3° – #326 Pedro Prado Filho/Joaquim Filho, 3h21min00seg59
4° – #322 Michel Terpins/ Maykel Justo, 3h21min10seg96
5° – #325 Rafael Cassol/ Lélio Júnior, 3h21min32seg97
6º – #307 Paulo Pichini / Paulo Simões, 3h35min04s50
7° – #314 Mauro Guedes /Neurivan Calado, 3h35min31s41
8° – #327 Jorge Junior /Joel Kravtchenko, 3h39min17s88
9° – #338 Fabio Ruediger/Eduardo Bampi, 4h10min04s32
10° – #310 Luiz Facco/ Humberto Ribeiro, nc

Classificação acumulada da categoria Protótipos-T1
1° – #322 Michel Terpins/ Maykel Neder Justo, 11h45min23s23
2º – #307 Paulo Pichini / Paulo Simões, 13h33min29s27
3º – #314 Mauro Guedes / Neurivan Calado, 13h57min40s55
4° – #305 Luis Carlos Nacif/ Filipe de Oliveira, 14h59min32s23
5° – #348 Gunter Hinkelmann/ Vinicius Castro, 15h07min20s15
6° – #327 Jorge Junior /Joel Kravtchenko, 15h24min18s04
7° – #338 Fabio Ruediger/Eduardo Bampi, 20h45min36s53
8° – #326 Pedro Prado Filho/ Joaquim Filho, 21h51min00s59
9° – #325 Rafael Cassol / Lélio Vieira Carneiro Júnior, 21h51min32s97
10° –#310 Luiz Facco/ Humberto – Piaui, 22h05min09s43

Confira a programação do Rally dos Sertões – 25 anos

23/08/2017 – 4ª Etapa
Aruanã (GO) – Barra do Garças (MT)
Deslocamento Inicial – 102,4 km
Trecho Cronometrado – 273,20 km
Deslocamento Final – 95,68 km
Total do diamin 471,34 km

24/08/2017 – 5ª Etapa
Barra do Garças (MT) – Coxim (MS)
Deslocamento Inicial – 13,85 km
Trecho Cronometrado – 438,86 km
Deslocamento Final – 213,30 km
Total do diamin 666,01 km

25/08/2017 – 6ª Etapa
Coxim (MS) – Aquidauana (MS)
Deslocamento Inicial – 59,82 km
Trecho Cronometrado – 194,91 km
Deslocamento Final – 174,72 km
Total do diamin 429,45 km
26/08/2017 – 7ª e última etapa
Aquidauana (MS) – Bonito (MS)
Deslocamento Inicial – 128,62 km
Trecho Cronometrado – 240,45 km
Deslocamento Final – 51,71 km
Total do diamin 420,78 km

Percurso total do Rally dos Sertões – 3.300,06 km
Especiais (trechos cronometrados) – 1.999,52 km (60,59 %)

Cerimônia de Premiação

Consultoria e Assessoria de Comunicação:
SIG Comunicação |sig@sigcomunicacao.com.br
Silvana Grezzana Santos | Josi Castro
+ 55 (11) 999.726.966
Gunter e Vinícius comendam o Mitsubishi Triton pela categoria Protótipos (Gustavo Epifanio/Fotop)
Gunter e Vinícius comendam o Mitsubishi Triton pela categoria Protótipos (Gustavo Epifanio/Fotop) 
Alta  | Web

Neste quarta-feira a competição chegará ao Mato Grosso (Marcelo Maragni/Fotop)
Neste quarta-feira a competição chegará ao Mato Grosso (Marcelo Maragni/Fotop) 
Alta  | Web

Navegador Vinícius Castro (Victor Eleuterio/Fotop)
Navegador Vinícius Castro (Victor Eleuterio/Fotop) 
Alta  | Web

Gunter Hinkelmann e Vinícius Castro (Vinícius Branca/Fotop)
Gunter Hinkelmann e Vinícius Castro (Vinícius Branca/Fotop) 
Alta  | Web

Piloto Gunter Hinkelmann (Victor Eleuterio/Fotop)
Piloto Gunter Hinkelmann (Victor Eleuterio/Fotop) 
Alta  | Web

Capacete o piloto Gunter Hinkelmann, uma verdadeira obra de arte! (Victor Eleuterio/Fotop)
Capacete o piloto Gunter Hinkelmann, uma verdadeira obra de arte! (Victor Eleuterio/Fotop) 
Alta  | Web

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barba exige cuidados básicos, mas fundamentais

Stibo Systems auxilia na otimização no lançamento de produtos nas lojas da Netshoes

Festival Churrasco Curitiba será realizado em agosto