Brasileiro de Motocross em Cornélio Procópio - Maiara Basso e Rafael Becker saem na frente




Rafael Becker, do Team Rinaldi, vence primeira etapa do Brasileiro de Motocross pela classe 65cc
Crédito: Café Fotos/Mundo Press

Maiara Basso, do Team Rinaldi, vence primeira etapa do Brasileiro de Motocross pela classe MXF
Crédito: Café Fotos/Mundo Press


Cornélio Procópio (PR) – A abertura do Brasileiro de Motocross movimentou a cidade de Cornélio Procópio, no Paraná, durante todo o fim de semana (3 e 4). Com corridas para 11 categorias, a pista do Centro de Treinamento das Corujas, no Parque de Exposições Arthur Höffig, recebeu os principais pilotos do país e destaques internacionais. A gaúcha Maiara Basso e o catarinense Rafael Becker, do Team Rinaldi, dominaram as baterias da MXF e da 65cc, respectivamente. 

O circuito foi marcado por chão duro e terra vermelha. Os fãs da modalidade compareceram em peso para prestigiar a competição nacional, que é patrocinada pela Rinaldi. A equipe da fábrica gaúcha de pneus também foi ao pódio com João Pedro Ribeiro (quinto colocado na soma das duas corridas da MX2) e Renan Goto “Japinha” (quinto colocado na soma das duas corridas da MX2 Júnior), representantes da Honda Rinaldi IMS. 

Na bateria exclusiva para mulheres, composta por 15 minutos mais duas voltas, a atual campeã nacional não teve dificuldades. Maiara Basso fez o holeshot e abriu grande vantagem volta a volta, tanto que aos 10 minutos de prova já somava 20 segundos sobre a segunda colocada. “Foi perfeito. Mesmo estando confiante e bem preparada, eu não esperava uma corrida tão tranquila. Andei na frente o tempo todo e aos oito minutos comecei a administrar o resultado”, explicou a piloto, que acelerou com os pneus SR39 e HE40. 

Bicampeão da 50cc, Becker começou da melhor forma a briga pelo título inédito da 65cc. “Foi uma boa corrida, larguei em segundo e assumi a ponta logo na primeira volta. A pista ficou cada vez mais difícil, com muitas cavas, mas treinei bastante para isso e consegui a vitória. Espero continuar assim, porque quero muito ser campeão”, disse o jovem talento de 10 anos, que pode competir pela 65cc até completar 13. 

Nos bastidores, a Rinaldi interagiu com o público e distribuiu brindes oficiais por meio das promotoras, além de apresentar a sua linha de pneus off-road no estande exclusivo. A responsável pelo atendimento no local foi a equipe da Pro Motos, loja em Cornélio Procópio parceira da marca. “O Brasileiro de Motocross é um evento com repercussão nacional e a nossa participação foi muito positiva. Houve bastante procura pelos produtos, que possuem ótima resistência e relação entre custo e benefício”, concluiu Cláudio Andretta, proprietário da Pro Motos. 

Mais vitórias importantes  – O Team Rinaldi teve um fim de semana repleto de vitórias importantes. No Rally Baja Jalapão, válido como quarta e quinta etapas do Brasileiro de Rally Cross Country, o catarinense Ricardo Martins foi o grande vencedor entre as motocicletas. A prova incluiu dois dias de disputas e 1019 quilômetros de percurso, sendo 643 de especiais (trechos cronometrados), com largada e chegada em Palmas (TO). “Venci o Baja Jalapão em 2015 e estou bastante satisfeito. Cumpri o objetivo, que era a vitória, e consegui pontos importantes na luta pelo título da temporada. Os pneus HE42 se saíram muito bem, trouxeram confiança na pilotagem”, analisou. 

Já a Copa EFX, co-patrocinada pela Rinaldi, reuniu as feras do Enduro FIM neste domingo (4) na terceira etapa em Itatinga (SP). O paulista Bruno Martins foi o mais rápido da classe E4 e ampliou vantagem na liderança. “Foi um ótimo dia para acelerar. A prova estava muito boa, com especiais travadas e técnicas. Para mim, foi a melhor etapa da Copa EFX em 2017 até agora”, elogiou. A goiana Bárbara Neves subiu no pódio da Feminina em segundo lugar e segue na vice-liderança. A dupla representou a equipe Zanol Team Rinaldi ASW e utilizou os pneus HE40 na dianteira e SR39 na traseira das motocicletas.

Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes. 

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado. 

A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2008 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial

Fonte: Mundo Press Jornalismo Estratégico

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atletas da delegação olímpica brasileira são recebidos no Palácio do Planalto

Evento no Paraná debate inovação no lançamento regional do movimento 100 Open Startups

FPT Industrial chega a marca de 30.000 motores GNV vendidos no mundo