Brasileiro de Motocross em Cornélio Procópio - Maiara Basso e Rafael Becker saem na frente




Rafael Becker, do Team Rinaldi, vence primeira etapa do Brasileiro de Motocross pela classe 65cc
Crédito: Café Fotos/Mundo Press

Maiara Basso, do Team Rinaldi, vence primeira etapa do Brasileiro de Motocross pela classe MXF
Crédito: Café Fotos/Mundo Press


Cornélio Procópio (PR) – A abertura do Brasileiro de Motocross movimentou a cidade de Cornélio Procópio, no Paraná, durante todo o fim de semana (3 e 4). Com corridas para 11 categorias, a pista do Centro de Treinamento das Corujas, no Parque de Exposições Arthur Höffig, recebeu os principais pilotos do país e destaques internacionais. A gaúcha Maiara Basso e o catarinense Rafael Becker, do Team Rinaldi, dominaram as baterias da MXF e da 65cc, respectivamente. 

O circuito foi marcado por chão duro e terra vermelha. Os fãs da modalidade compareceram em peso para prestigiar a competição nacional, que é patrocinada pela Rinaldi. A equipe da fábrica gaúcha de pneus também foi ao pódio com João Pedro Ribeiro (quinto colocado na soma das duas corridas da MX2) e Renan Goto “Japinha” (quinto colocado na soma das duas corridas da MX2 Júnior), representantes da Honda Rinaldi IMS. 

Na bateria exclusiva para mulheres, composta por 15 minutos mais duas voltas, a atual campeã nacional não teve dificuldades. Maiara Basso fez o holeshot e abriu grande vantagem volta a volta, tanto que aos 10 minutos de prova já somava 20 segundos sobre a segunda colocada. “Foi perfeito. Mesmo estando confiante e bem preparada, eu não esperava uma corrida tão tranquila. Andei na frente o tempo todo e aos oito minutos comecei a administrar o resultado”, explicou a piloto, que acelerou com os pneus SR39 e HE40. 

Bicampeão da 50cc, Becker começou da melhor forma a briga pelo título inédito da 65cc. “Foi uma boa corrida, larguei em segundo e assumi a ponta logo na primeira volta. A pista ficou cada vez mais difícil, com muitas cavas, mas treinei bastante para isso e consegui a vitória. Espero continuar assim, porque quero muito ser campeão”, disse o jovem talento de 10 anos, que pode competir pela 65cc até completar 13. 

Nos bastidores, a Rinaldi interagiu com o público e distribuiu brindes oficiais por meio das promotoras, além de apresentar a sua linha de pneus off-road no estande exclusivo. A responsável pelo atendimento no local foi a equipe da Pro Motos, loja em Cornélio Procópio parceira da marca. “O Brasileiro de Motocross é um evento com repercussão nacional e a nossa participação foi muito positiva. Houve bastante procura pelos produtos, que possuem ótima resistência e relação entre custo e benefício”, concluiu Cláudio Andretta, proprietário da Pro Motos. 

Mais vitórias importantes  – O Team Rinaldi teve um fim de semana repleto de vitórias importantes. No Rally Baja Jalapão, válido como quarta e quinta etapas do Brasileiro de Rally Cross Country, o catarinense Ricardo Martins foi o grande vencedor entre as motocicletas. A prova incluiu dois dias de disputas e 1019 quilômetros de percurso, sendo 643 de especiais (trechos cronometrados), com largada e chegada em Palmas (TO). “Venci o Baja Jalapão em 2015 e estou bastante satisfeito. Cumpri o objetivo, que era a vitória, e consegui pontos importantes na luta pelo título da temporada. Os pneus HE42 se saíram muito bem, trouxeram confiança na pilotagem”, analisou. 

Já a Copa EFX, co-patrocinada pela Rinaldi, reuniu as feras do Enduro FIM neste domingo (4) na terceira etapa em Itatinga (SP). O paulista Bruno Martins foi o mais rápido da classe E4 e ampliou vantagem na liderança. “Foi um ótimo dia para acelerar. A prova estava muito boa, com especiais travadas e técnicas. Para mim, foi a melhor etapa da Copa EFX em 2017 até agora”, elogiou. A goiana Bárbara Neves subiu no pódio da Feminina em segundo lugar e segue na vice-liderança. A dupla representou a equipe Zanol Team Rinaldi ASW e utilizou os pneus HE40 na dianteira e SR39 na traseira das motocicletas.

Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes. 

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado. 

A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2008 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial

Fonte: Mundo Press Jornalismo Estratégico

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barba exige cuidados básicos, mas fundamentais

Atletas da delegação olímpica brasileira são recebidos no Palácio do Planalto

FPT Industrial chega a marca de 30.000 motores GNV vendidos no mundo